Pão duro ou Economia?

03.01.2018

 

Um novo ano começa e àquelas promessas de sempre, uma delas é guardar dinheiro, seria possível economizar de uma forma matemática sem ser visto como pão duro? É verdade que existe sim pessoas dominadas pela mania mórbida de juntar dinheiro, vejamos matematicamente se esse método  é possível.

 

Qual seria o valor, caso, durante trinta dias seguidos guardássemos: No primeiro dia do mês  1 real; no segundo dia, 2 reais; no terceiro dia, 4 reais; no quarto dia, 8 reais e, assim, dobrando sucessivamente o valor, durante os trinta dias seguidos?

 

Se analisar direitinho, ao fim de uma semana, ou melhor, oito dias depois, sendo pão duro ou não, teríamos economizado apenas duzentos e cinquenta e cinco reais, isto é, R$ 255,00. Mas e no fim de 4 semanas?

 

Concretizados os 30 dias, o pão duro ou não teria economizado um valor equivalente a R$ 1.073.741.823,00 ( Um bilhão, setenta e três milhões, setecentos e quarenta e um mil, oitocentos e vinte e três reais ). Difícil de acreditar, mas vá aos cálculos e verifique você mesmo.

 

Seguir essa dica para economizar dinheiro não é uma tarefa fácil, pois existem várias barreiras, o maior problema é dispor de determinados valores a partir do décimo dia em diante, pois, no décimo primeiro dia teríamos que guardar nada menos que R$ 1.024,00. 

 

Talvez o segredo seja mais simples, nos momentos da vida em que a nossa remuneração vai bem, é hora sim de guardar, de alguma forma, talvez até mesmo essa, difícil mas não impossível.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Instituto de Ciências e

Matemática

© 2023 por Cientista. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey